COMUNICADO SOBRE A RETOMADA CONSCIENTE DAS ATIVIDADES DA FUNCATE EM CUMPRIMENTO AO DECRETO MUNICIPAL Nº 18.717, DE 15 DE JANEIRO DE 2021.


Nos termos do art. 7º do Decreto Estadual nº 64.994, de 28 de maio de 2020, alterado pelo Decreto Estadual nº 65.044, de 03 de julho de 2020, e do Decreto Municipal nº 18.717, de 15 de janeiro de 2021 (Boletim do Município de São José dos Campos nº 2671, de 15/01/2021), bem como em atenção às recomendações da Organização Mundial de Saúde – OMS, buscando garantir a segurança de todos os empregados devido ao avanço da Pandemia, informamos que a FUNCATE manterá as suas atividades em sistema de home office até que haja nova manifestação do Município ou do Estado de São Paulo.

Contamos com a compreensão de todos e continuamos a acompanhar a evolução da Pandemia COVID-19, bem como as medidas dos três níveis de governo (Federal, Estadual e Municipal).

Colocamo-nos à disposição para os esclarecimentos que se fizerem necessários. Atenciosamente,


Dr. Josiel Urbaninho de Arruda
Presidente do Conselho Diretor



Funcate - Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais

Projetos

Uma rede para ampliar e modernizar a saúde

Rede SIBRATEC PRODSAÚDE foi coordenada até 2015 pelo INT, com o apoio da FUNCATE

Data início: Data fim:
Uma rede para ampliar e modernizar a saúde

A Rede SIBRATEC PRODSAÚDE, coordenada até 2015 pelo INT, financiamento da FINEP e apoio da FUNCATE, tem como objetivo ampliar, modernizar e integrar as instituições membros, para que possam atender às demandas estratégicas do país na área da saúde. Também visa apoiar o setor produtivo e os órgãos de regulamentação, ANVISA e INMETRO, oferecendo serviços tecnológicos de avaliação, certificação e desenvolvimento de melhorias de produtos e processos, provendo mecanismos de garantia de qualidade e confiabilidade, permitindo a superação de barreiras técnicas e o aumento da competitividade das empresas.

Em setembro de 2015, foi finalizada a pesquisa de mercado da Rede, realizada pela empresa Normaliza. O levantamento envolveu as instituições membros, governo, associações de classe e fabricantes e distribuidores de produtos para a saúde.

Devido à complexidade da Rede, com quatro temáticas distintas de sub-redes, houve dificuldades na estruturação de uma pesquisa de mercado que abordasse todos os ensaios/calibrações. O processo durou 12 meses, mas o resultado obtido foi bastante satisfatório para o alinhamento da Rede PRODSAUDE e definição do plano de negócios.

A pesquisa foi apresentada durante a 5ª Reunião Geral da Rede SIBRATEC PRODSAUDE, realizada na sede do INT, com a participação de coordenadores (geral e das sub-redes) e de analistas da Finep e da FUNCATE. Segundo a coordenação do projeto, houve demora na liberação da 2ª parcela dos recursos do convênio FINEP nº 01.10.0478.00 devido, principalmente à baixa execução financeira das instituições. Isso fez com que grande parte das metas/atividades não fossem realizadas na vigência dos 60 meses do referido convênio (outubro de 2015). Assim as ações foram adiadas para os próximos 24 meses (até outubro de 2017), após a prorrogação por excepcionalidade do convênio, registrando que a coordenação passaria então a ser exercida pela Fundação CERTI.

Ficha técnica

  • Financiador FINEP
Voltar